quinta-feira, 1 de abril de 2010

Como criar uma dita “Comissão de Trabalhadores”
Um tal de Damasceno a gabar-se dos fretes que ele e mais uns quantos fizeram ao patrão.










Clicar para aumentar



"A opção por uma relação privilegiada com a comissão de trabalhadores pressupôs que a escolha dos membros que integrariam esta futura estrutura representativa não fosse deixada ao acaso! Quando se começou a pressentir o desejo de constituição desta estrutura, provavelmente estimulada pelos membros ligados aos sindicatos da CGTP — muitos deles eram desconhecidos formalmente por não quererem revelar a sua identidade —, a empresa rapidamente «entrou em jogo». Contactou sigilosamente o director de cada uma das áreas para que este indicasse nomes de trabalhadores de «confiança» que pudessem integrar a futura estrutura.

A escolha de um «líder» para esta comissão que inspirasse a capacidade de defesa dos interesses dos restantes colegas e que, simultaneamente, revelasse à empresa as informações necessárias foi ainda o aspecto mais difícil de ultrapassar. Tudo isto acabou por ser obtido através de um convite dirigido a um membro que mostrava enorme capacidade de persuasão dos colegas e que era permeável a uma forte influência. Foi com este dirigente da comissão de trabalhadores que a empresa estabeleceu uma entente cordiale que permitiu, na véspera dos grandes embates, conhecer antecipadamente, através de uma reunião sigilosa entre ele e o director de Recursos Humanos, quais os pontos que seriam objecto de análise na reunião do dia seguinte e a provável maneira de os ultrapassar.


Nas eleições para a constituição desta comissão acabaram por aparecer duas listas: uma integrada e liderada por delegados sindicais afecta à CGTP (lista A) e outra constituída, preparada e devidamente suportada pela empresa em sessões de esclarecimento realizadas para o efeito (lista B). Esta segunda lista, inicialmente defendida pelo grupo de trabalhadores independentes de que já se falou — mas que não integravam a lista —, teve uma dupla missão: viabilizar não só uma estratégia de consenso, como anular a força veiculada pelos sindicatos. O risco que a empresa correu foi grande, mas a encenação, o planeamento e a capacidade persuasora e manipuladora de alguns gestores permitiram um enorme êxito.

As eleições tiveram lugar em Abril de 1994 e os resultados foram os seguintes:











Com estes resultados, a lista afecta à CGTP elegeu três elementos e a lista B oito elementos, o que significava que a empresa se manteria soberana nas relações laborais a estabelecer.
"

Para saber qual a empresa em que isto se passou, e consultar o documento donde esta prosa foi retirada, veja este post do CANTIGUEIRO do Samuel.

PS: António Chora, actual Coordenador da Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa, era um dos 3 elementos eleitos pela lista A em 1994.

7 comentários:

Porfirio Silva disse...

Aqui faz-se um correcto esclarecimento de onde estava António Chora nesse filme. Contudo, no blogue que cita como fonte, esse esclarecimento não é feito - e os comentadores (de lá) falam, na maioria, como se ele estivesse na lista onde não estava. Também outros blogues replicaram este documento - realmente revelador - mas aproveitando para "malhar no Chora". Vale a pena notar.

resta07 disse...

heelloo..

Visit it http://www.unand.ac.id/arsipua/pnl/

A lupa de alguém disse...

Já algum tempo que noto que o Aristes não tem actualizado o blog... serão férias? :)

Alien David Sousa disse...

ABRIL??? E só agora dei por ela! Regressa, pelo menos eu estarei de braços/corpo abertos para abraçar as formigas ;)

kisses

José Freitas disse...

Este blog tem muito interesse.
Vejam também www.anticolonial21.blogspot.com

Anónimo disse...

top [url=http://www.c-online-casino.co.uk/]casino[/url] coincide the latest [url=http://www.casinolasvegass.com/]casinolasvegass.com[/url] unshackled no set aside reward at the chief [url=http://www.baywatchcasino.com/]bay attend casino
[/url].

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis acheter
http://commandercialisfer.lo.gs/ vente cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis prezzo
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis comprar